Estudantes de Direito da UNIFASB acusam aluno de Medicina de injúria racial

imagem extraída da WEB

No último domingo (10), durante um jogo entre atléticas do curso de Direito e Medicina da UNIFASB, dois estudantes de medicina foram acusados por prática de injúria racial com um aluno do curso de Direito, proferindo palavras ofensivas e preconceituosas.

Através de nota pública a UNIFASB argumenta que “em 20 anos de atuação no Oeste da Bahia, mantém fortes valores éticos morais que norteiam sua base educacional amparada pela inclusão em todas as suas formas e no respeito às diversidades. Sobre o evento desportivo ocorrido fora de suas dependências, o UNIFASB informa que esta instituição não detém competência para a apuração dos fatos noticiados e aguarda que o ocorrido seja esclarecido pelos órgãos competentes”.

No Instagram, a associação que congrega os estudantes do curso de direito da instituição de ensino publicou nota de repúdio, conforme se lê abaixo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Em 10 de novembro de 2019, durante o último jogo na realização de um triangular, envolvendo as Atléticas de Medicina e Direito – ambas da mesma instituição, tivemos a infelicidade de presenciar um episódio de injúria racial a um de nossos atletas. Injúria Racial trata-se da ofensa à alguém com base em sua raça, cor, etnia, religião, idade ou deficiência, com previsão no Art. 140 do Código Penal. A reprodução de qualquer conduta análoga, que possa ofender minorias e proliferar um comportamento de desigualdade, é repudiada por nossa atlética e por todos que a integram. O racismo é um dos principais problemas sociais enfrentados nos séculos XX e XXI, causando, diretamente, exclusão, desigualdade social e violência. Não obstante, como estudantes de direito e cientes dos direitos humanos e constitucionais dos quais gozamos dia a dia, exigimos que estes sejam absolutos e recebam o devido respeito. Não somos e jamais seremos coniventes com condutas discriminatórias, tampouco nos calaremos quando estas houverem! RACISTAS NÃO PASSARÃO!

Uma publicação compartilhada por Atlética Suprema 🦁 (@aaasupremafasb) em

Deixe uma resposta