Barreiras: Campanha de vacinação contra o sarampo começa nessa segunda-feira (7)

A abertura da Campanha Nacional contra o Sarampo acontece nessa segunda-feira (07) em todo Brasil, e em Barreiras todas as 26 salas de vacinação já estão preparadas para receber crianças, jovens e adultos que ainda não foram imunizados contra essa doença infecciosa.

A Campanha que acontecerá de forma seletiva terá duas etapas. Entre os períodos de 07 a 25 de outubro será realizada a vacinação de todas as crianças não vacinadas de seis meses a menores de cinco anos, sendo o dia “D” 19 de outubro, dia da Mobilização Nacional. Já nas datas 18 a 30 de novembro, a vacinação será para adultos não vacinados, dessa vez o dia “D” será no dia 30 de outubro. Na zona rural a Campanha contra o Sarampo será no período de 07 a 18 de outubro.

Diante do cenário nacional e os casos suspeitos na Bahia, a Prefeitura de Barreiras, através da Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Projeto Saúde Humanizada realizou uma reunião com as equipes da Vigilância Epidemiológica do município, Núcleo Regional de Saúde, Hospital Municipal Eurico Dutra, Hospital do Oeste (HO), Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e a Coordenação Municipal de Imunização (COPIM) para traçar estratégias de bloqueio nas áreas de casos suspeitos, intensificando dessa maneira, a busca ativa e fortalecendo as ações de vigilância epidemiológica no município.

“A reunião com esses principais atores do processo de saúde do nosso município foi muito importante, pactuamos a conclusão do fluxograma de encaminhamento de pacientes de acordo com a porta de entrada na Atenção Básica e a conduta nos casos que por ventura se apresentem nas unidades de saúde. O fluxograma irá ajudar na orientação tanto dos pacientes como seus familiares e também nos bloqueios domiciliares e nas áreas onde o paciente teve contato com outras pessoas. A realização da busca ativa continua em todo município com a atualização das vacinas, garantindo a segurança no que diz respeito à imunização, preconizado pela Vigilância Epidemiológica”, pontuou Anderson Vian, secretário municipal de saúde.

Ao longo de todo ano, a equipe da COPIM realiza ações em diversos ambientes como nas escolas públicas e particulares, nas unidades de saúde e em residências domiciliares através dos agentes comunitários com o objetivo de interromper a circulação de vírus como o sarampo, protegendo com a atualização da caderneta de vacinação todos os munícipes.

“Fazemos a busca ativa em todo território municipal com a meta de manter atualizado a carteira de vacinação. A Campanha contra o sarampo segue até o dia 30 de outubro dividida em duas etapas para crianças, jovens e adultos, mas, durante todo ano são disponibilizadas vacinas em todas as unidades de saúde. É fundamental está com o quadro vacinal atualizado”, destacou Renata Queiroz, coordenadora da COPIM.

De acordo com a médica infectologista, Drª Isabele Lucena, o sarampo é uma doença infecciosa grave, altamente contagiosa, podendo ser transmitida por pessoas de qualquer idade. A contaminação é feita pelo ar, provocada por espirros, tosse e outras formas de contato com secreções contaminadas. Os principais sintomas mais frequentes do sarampo são: Febre alta; mal-estar; tosse; olhos vermelhos e manchas pelo corpo.

Deixe uma resposta