Dos três senadores da Bahia, só Ângelo Coronel votou favorável a reforma da previdência

O texto-base da reforma da Previdência foi aprovado em primeiro turno na noite desta terça-feira (1º) no plenário do Senado. A proposta recebeu 56 votos favoráveis e 19 votos contrários – margem um pouco menor que a calculada pelo governo, que esperava aprovar o texto com cerca de 60 votos. Cinco senadores faltaram à votação.

Dos três senadores eleitos pela Bahia, somente Ângelo Coronel (PSD) votou favorável a proposta do governo Jair Bolsonaro.

Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD) votaram contrários ao projeto.

O debate do assunto no plenário do Senado começou pouco antes das 19h desta terça-feira. Antes disso, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou o parecer do relator Tasso Jereissati (PSDB-CE) sem nenhuma alteração.

Para que a votação aconteça sem riscos para o Palácio do Planalto, o governo Jair Bolsonaro deve garantir o  atendimento a duas demandas de sua base no Senado: a liberação de emendas parlamentares e a definição das regras de distribuição dos recursos do pré-sal.

Deixe uma resposta