Cúpula do PSDB impõe derrota a Doria e salva Aécio de expulsão

A executiva do PSDB impôs dura derrota ao governador de São Paulo, João Doria, nesta quarta-feira (21), ao rejeitar dois pedidos de expulsão do deputado Aécio Neves (PSDB-MG).

Foram 30 votos a favor de Aécio, 4 contra e uma abstenção, informa a Folha de S.Paulo.

Doria reagiu afirmando que o “PSDB escolheu o lado errado” e que “quem perdeu foi o Brasil”.

Por seu turno, Aécio afirmou que agora é “hora de todos nós lambermos as feridas e olharmos para frente”, com “menos rancor no coração e mais amor a se distribuir a todos”, num recado ao governador.

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo afirmou a decisão desta quarta é definitiva e o “assunto Aécio Neves está encerrado”.  ​

Aécio é investigado em uma série de inquéritos e se tornou réu, em abril de 2018, sob acusação de corrupção passiva e obstrução da Justiça.

O deputado ainda não foi julgado.  Ele é réu no processo relativo ao episódio em que foi gravado, em março de 2017, pedindo R$ 2 milhões a Joesley Batista, da JBS.

Deixe uma resposta