Artigo: O baixo clero chegou ao Poder! – por Felipe Magalhães*

Críticas vazias e infundadas, grosserias, palavrões, escatologias e até mesmo pornografia estão no rol de insanidades propostas pelo presidente eleito! Algo assustador. Um tratamento agressivo e ofensivo permanente. Uma estratégia de tensionamento constante. “Nunca antes na História desse país” tivemos um chefe de Estado que ignorasse tanto a liturgia do cargo e o decoro em seus pronunciamentos.

O jogo ficou baixo! O próprio presidente “ironizou” o desaparecimento de um pai, chamou profissionais da Educação de vagabundos, xingou jornalistas, ofendeu indígenas e quilombolas! Quem não apoia o Bolsonarismo não presta! Um tratamento vil, tosco, asqueroso!

Reiterou ofensas direcionadas à oposição, falou mais de uma vez em exterminá-la. Incitou o ódio e o preconceito.
Na mesma linha dedo no olho e chute baixo a revista Veja fez uma reportagem sobre a ficha corrida da Família de Michele BOLSONARO: tráfico de drogas, estelionato, envolvimento com milícias. Nada a se orgulhar!
Qual a culpa da Michele em tudo isso?

Apenas ter se casado com um moralista tosco que ignora quando 60 detentos sob a tutela do Estado são assassinados. Ela apenas convive com um ser desprezível que não tem nenhuma empatia e respeito à dignidade humana.

A exploração das mazelas da Família de Michele é única e exclusivamente produto da estratégia belicosa e agressiva de seu marido!
O jogo ficou e ficará cada vez mais baixo!

*Felipe Magalhães é Sociólogo

Deixe uma resposta