Reorganização administrativa de Kiko é questionada por vereadores

O secretário de Administração apresentou a proposta em reunião nesta quarta-feira (22)

A prefeitura de Ribeirão Pires protocolou ao final da tarde desta quarta-feira (22), proposta legislativa que pretende reorganizar diversos setores da administração pública municipal.

Segundo informou o Assessor Jurídico da prefeitura, Drº Marco Aurélio Romaldini, a proposta pretende atender exigências do Tribunal de Justiça de São Paulo onde em pronunciamentos nos anos de 2013 e 2016 entendeu que a atual estrutura havia diversos erros em nomenclaturas de funções e critérios para determinados cargos”.

Segundo ainda Drº Marco Aurélio Romaldini, “a proposta de reorganização atende a proposta de campanha do prefeito, entre elas a organização de 12 Distritos Administrativos na Estância.

No período da tarde, os vereadores se reuniram com o secretário de Administração e Modernização, Adriano Dias Campos para esclarecimentos e ponderações acerca da proposta.

O Repórter ABC, conversou com alguns parlamentares.As opiniões ouvidas foram diversas e poucas convergiam uma com as outras.

A reorganização proposta pretende dividir a cidade em 12 Distritos Administrativos

Nos relatos o posicionamento majoritário é o de diálogo e análise a luz da proposta.

O presidente da Casa de Leis, o vereador Rubão Fernandes (PSD), entende a magnitude do projeto, mas disse que não irá se indispor com os demais edis.

“Hoje na sala da presidência, aconteceu uma reunião com representantes do Paço. Na oportunidade ouvimos as argumentações do secretário de Administração, Adriano Campos e do Drº Romaldini. Tenho o sentimento de que majoritariamente os vereadores querem se aprofundar mais na matéria, e como presidente não vou pautar a proposta até que as dúvidas estejam sanadas”, disse Rubão.

Segundo ainda argumentou o vereador Rubão Fernandes, o executivo se comprometeu em enviar a íntegra da proposta em formato digital a Casa.

“A proposta contém grande número de páginas e assim que esta Casa receber, repassarei o documento para os demais parlamentares para que analisem”, concluiu.

A expectativa de representantes do executivo é de que até a primeira quinzena do mês de setembro, a proposta seja votada pelo plenário da Câmara de vereadores de Ribeirão Pires.

2 comentários em “Reorganização administrativa de Kiko é questionada por vereadores

  • agosto 25, 2018 em 10:27 pm
    Permalink

    Fala aí Ribeirão Pires… compartilhando

    Resposta
  • agosto 26, 2018 em 9:21 am
    Permalink

    Se isso passar, será trocar seis por meia duzia, ou seja,muda se a nomenclatura e recontrata os apadrinhados políticos. lastimável.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: