‘Don Juan’ ribeirãopirense seduz mulher e a deixa com dívidas e o nome sujo no SPC

Homem que se dizia policial civil, pedia dinheiro emprestado, mas nunca pagava, disse a vítima

A Delegacia de Polícia Civil de Ribeirão Pires registrou Boletim de Ocorrência nesta sexta-feira (10), após denúncia de uma mulher de 39 anos que informou ter mantido relacionamento amoroso com um homem de 41 anos, morador de Ribeirão Pires, ao qual preservando a sua identidade chamaremos de “Dom Juan”, uma vez que o mesmo encontra-se em condição de investigado.

Segundo a vítima, o Don Juan durante o relacionamento todo, afirmava que era separado de sua ex-esposa e que aguardava o processo de separação e que durante todo o período de relacionamento, por diversas vezes ele teria pedido quantias em dinheiro emprestado alegando que devolveria o quanto antes fosse possível.

Dentre as supostas dívidas contraídas, haviam contas e gastos pessoais com os filhos que teve com sua até então ex-esposa, alegando também ser aposentado da Polícia civil e que sua renda era utilizada para pensão. A vítima alega de que presenciou por algumas vezes o investigado portando arma de fogo.

A mulher vitimada informou ainda que entre dívidas e empréstimos para quitar gastos, foram com cartão de crédito e o valor ultrapassa R$ 70 mil, sendo todos esses valores feitos a título de empréstimo para ajudar Don Juan.

Em abril do corrente ano, quando terminou o relacionamento, foi pedir para reaver os valores e teve conhecimento de que o Dom Juan, era casado e que nunca havia se separado da esposa, bem como nunca foi policial civil, e em informações que levantou sobre o investigado, teve conhecimento de que ela não era a primeira pessoa com que Dom Juan teria se relacionado e ludibriado visando obter vantagens financeiras. Em função dos valores das dívidas contraídas, a mulher encontra-se com o seu nome negativado junto ao SPC.

O Boletim de Ocorrência foi lavrado com ocorrência de estelionato (artigo 171)

Deixe uma resposta